Governo do Estado do Espírito Santo

Corpo Musical da PMES

Comandante: TEN CEL WESLEY EUDES RODRIGUES

Histórico:

Inicialmente formada por músicos civis fardados, recrutados por ocasião de demanda de tocatas nas forças de segurança capixabas, é considerada a data de 13 de setembro de 1840 como o dia de sua criação. Porém somente em 13 de julho de 1892, no governo de José Melo Carvalho Muniz Freire, a Banda de Música da Polícia Militar do ES foi oficialmente institucionalizada, passando a compor o efetivo da força policial capixaba.

Tão antiga quanto a própria instituição, durante sua existência, atravessou gerações, culturas e fronteiras tornando-se para a sociedade um referencial da cultura capixaba, sendo reconhecida e tombada como patrimônio cultural do Estado do Espírito Santo, em 07 de abril de 2004.

Com uma média anual de 180 apresentações, a Banda possui dois discos e um compacto gravados na década de 80 e três compact disc de músicas populares, jazz, folclore capixaba e clássicos de natal foram gravados recentemente.

Além de desenvolver suas atividades típicas militares, a Banda de Música realiza concertos sinfônicos em teatros, praças públicas, desfiles cívicos, shows com artistas locais nacionais e internacionais, bem como outras audições em todo o Estado, promovendo e valorizando a cultura e a interação social.

A banda de Música também investe em ações proativas com intervenções precoces junto a crianças, adolescentes e jovens da Região Metropolitana da Grande Vitória, com a realização de projetos que corroboram para a inclusão e a humanização da imagem da Polícia Militar.

Atualmente o Corpo Musical se propõe a contribuir de maneira eficaz para o estreitamento do relacionamento do policial com os diversos organismos que compõem a sociedade capixaba. A proposta é levar à sociedade, diferentes modelos de apresentações musicais, performances pedagógicas em escolas públicas ou privadas e shows pelo litoral e interior respeitando a sazonalidade que influencia os diversos veios turísticos de nosso estado, sejam, por ocasião do inverno ou por ocasião do verão, estações predominantes em nosso estado, acompanhamos desta forma a maior concentração do efetivo policial quando em deslocamento do seu efetivo, reforçando a importância do empenho policial tornando mais ostensiva a presença da PMES naquela localidade. As apresentações têm por objetivo humanizar esta relação através da cultura musical, envolvendo artistas locais em suas apresentações, bem como, policiais militares que tem interesse em se apresentar com a Banda de Música.

Sejam solenidades cívicas ou militares, temporadas de shows, concertos pedagógicos, blitz cultural ou patrulha escolar, a Polícia Militar estará sempre muito bem representada através do seu Corpo Musical, que traz consigo a responsabilidade de enaltecer com seu refinado repertório e músicos de alta performance, todos os recantos do estado do Espírito Santo.

Banda Júnior

O projeto Projeto Sociocultural Banda Júnior foi criado em 16 de junho de 1998. Na ocasião o objetivo era proporcionar a aproximação da comunidade localizada no entorno do Quartel do Comando Geral (QCG), entretanto, o resultado alcançado foi além do previsto. E, no mesmo ano, o cadastro de reserva já alcançava um número bem maior do que o esperado.

Já são mais de 5.000 adolescentes que passaram pelo projeto.Destes alunos, alguns até já foram aprovados em concurso e hoje fazem parte da Banda de Música e das fileiras da PMES, e da Banda de Musica da PMMG, na Banda de Música do Exército Brasileiro, além de outros que estão estudando em faculdades de música, direito, administração e medicina.

Hoje o projeto atende, exclusivamente, no Quartel do Comando Geral em Maruípe a 300 alunos, seu corpo de professores é composto apenas por membros do Corpo Musical, em parceria com a ArcelorMittal, e estende seu atendimento, experimentalmente, para a Escola Padre Humberto no bairro Alecrim, em Vila Velha, onde cerca de 15 alunos são atendidos. Em Marechal Floriano, com a parceria da Prefeitura Municipal e a 6ª Companhia Independente, o projeto iniciou suas atividades em 4 de julho de 2012, sendo concluído o primeiro ano com 25 alunos. Com a doação dos instrumentos novos no último dia 30 de agosto deste ano, o projeto abre inscrições para mais 60 alunos durante mês de setembro.

Atualmente conta com um efetivo de 60 policiais militares, ligada a Diretoria de Comunicação Social da PMES, tendo como regente o Tenente-Coronel Wesley Eudes Rodrigues.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard